SP quer Geraldo !

Não são apenas as pesquisas pré-eleitorais do último final de semana que indicam Geraldo Alckmin como um dos mais preferidos do eleitor da Capital para ser o seu prefeito. Ele conta ainda com a confiança de uma grande parte do tucanato, ao defender o respeito a democracia interna, um dos pilares das origens do PSDB. Geraldo seduz ao se afirmar um construtor de pontes para unir todo mundo. Seu maior desafio agora é concretizar o desejo de unidade do partido e dos seus aliados históricos, em torno de um projeto que faça a prefeitura paulistana andar sempre para frente.

Há uma torcida organizada pelo fracasso das oposições. Apostam na divisão radical de forças para alimentar inclusive caminhos mais livres para um terceiro mandato na presidência da República em 2010. Os momentos críticos da história recente do PSDB revelam a sua influência, justamente porque o partido configura numa alternativa real pela retomada dos postos mais estratégicos da vida nacional. O temor pelo retrocesso na direção da Capital estimulou a escalação de um dos melhores quadros tucanos para a disputa eleitoral em 2008, em que pese os conflitos na sua base aliada, que também está preparada para disputar a mesma posição.

O fato de Geraldo ter disposição de concorrer, e de ser reconhecido e aceito por isso, não o isenta da consideração da força de Gilberto Kassab, que até agora continuou os programas traçados pelo PSDB, governando a maior cidade da América do Sul com os principais quadros tucanos de São Paulo. Geraldo acaba de resgatar a unidade com o PTB e, se houver um segundo turno como prevêem as últimas pesquisas, garante portas abertas ao DEM e para os partidos que conseguiu reunir do seu lado nessa primeira fase de articulações – o PMDB e o PV, por exemplo.

Geraldo sabe que um tucano só não faz verão. Divergências eleitorais são normais e ele acredita nisso. O interesse do povo paulistano que se satisfaz com governos comprometidos com o seu futuro é maior que as divergências momentâneas. Qual tucano contribuirá com um gesto de unidade após superar as últimas turbulências ?

22 já comentaram! Comente ou link essa página
  1. Carlos Scandiuzzi comentou:

    Muito bem Raul,vou ficar antenado em seu blog a espera e conferir qual tucano primeiro irá contribuir com um gesto de unidade para superar as últimas turbulencias.

  2. TIA VERA comentou:

    Geraldo … Geraldo … Geraldo !!!

  3. Fafi Pontes comentou:

    Raul.

    espero sinceramente que os alckmistas se unam em torno de um psdb sem rescaldos.
    os amigos paulistanos confirmados já somam mais de 120!!!!! e nem todos são tucanos!!!!
    tá ‘assim’ de petista esperando uma virada nacional. e nada melhor que começar por sampa, certo?
    abraços.
    by the way, lembra da expressão ‘país de opereta’? pois é, pois é…..

  4. maria emilia botelho comentou:

    Raul,
    Eu nunca tive dúvidas da capacidade do Geraldo, desde a época que trabalhamos junto com o Lara na Casa Civil( que por sinal, se aqui estivesse já estaria de mangas arregaçadas trabalhando pela vitória), mas o que me assusta e muito é ter vistos companheiros lutando contra. O que dava para sentir era o personalismo contra o partidarismo. Mas, vamos superar esta etapa e partir para a vitória.
    Abraços.

  5. alvaro gonzalez comentou:

    SÃO PAULO QUER GERALDO E SANTOS QUER BRUNO COVAS. ACORDA ‘CÚPULA’ TUCANA DE SANTOS. LEMBREM O SERRA QUE SAMPA QUER GERALDO.

  6. É isso aí, Raul!!

    Alckmin governador, deu seqüência à política de Covas e fez de São Paulo o principal ninho tucano porque aqui cresceu a credibilidade. Sua postura ética e seu governo eficiente contribuíram, e muito, para a ascensão do PSDB no Estado. Nada contra Kassab, que, como você mesmo diz, tem dado provas de fidelidade e tem feito um bom governo. Mas Alckmin precisa ser um candidato a prefeito principalmente sustentado pela união dos tucanos paulistas, porque ele representa isso.

    Você sabe que sou profissional e que não me dou o direito de exercer política partidária, mas não posso esconder minha admiração por Geraldo Alckmin, com quem tive algumas chances de contato pessoal e de constatar um ser humano pautado pelo respeito as pessoas.

  7. Edgar Boturão comentou:

    Alô Raul. Forte abraço. Conseguir a unidade dos tucanos neste momento é mais difícil que subir a Via Anchieta a pé e de costas. Só com o andamento da campanha isso poderá ocorrer. Caso Kassab não cresça nas pesquisas, o que, a princípio, é improvável. Primeiro porque a reeleição costuma favorecer o governante de plantão. Segundo porque como vc mesmo disse ele tem boa avaliação. E terceiro porque é fiél aos tucanos, leia-se Serra. E obviamente vai cobrar essa conta do governador. Sem dúvida a campanha em SP promete.

  8. fausto ivan comentou:

    O pt nos elegeu como o inimigo número um, o pmdb acha que somos sua costela ingrata, o dem mais parece um parasita que vive a nossas custas a espera de nos devorar, o pdt é aquela coisa insosa que tem um pé lá e outro cá, e agora não faltava mais nada, há divisão interna fomentada por supostas análises de 2010. Não esqueçam aqueles que querem o Kassab que política é como nuvem, uma hora esta cá e outra lá. Se temos um membro tão importante como Geraldo Alckimin postulando e com índices tão fortes, não há o que discutir. O dem que se arrume sózinho. Vá a luta ver como é conquistar votos e respeito popular. Tudo bem que o Kassab tem feito a lição de casa direitinho. Mas será que teria feito sem nossos quadros políticos? Não vou esticar o assunto. Vamos completar 20 anos de história em junho. Espero como fundador do Partido não ver essa vergonha do PSDB apoiar o Kassab.
    Abraço a todos = fausto ivan

  9. Claudio Alves de Amorim comentou:

    Grande Raul!
    Geraldo Alckmin me surpreende, por que quando olhamos os fundadores do PSDB, a impressão que temos é que entre eles só existem candidatos a presidencia da república, OEA e da ONU. Geraldo ex-deputado federal, ex-governador do estado, se candidata a prefeitura da capital.

    Abraços

  10. Roberto Tamura comentou:

    “Oh….!
    Captai os momentos passageiros; Pois o passado não move moinhos e o estado futuro não chegou “. (Buda)
    Temos que pensar neste MOMENTO oque é mais importante para o PSDB, pelo seu passado e a garantia do seu futuro.

  11. Patrícia comentou:

    Concordo plenamente que o melhor para São Paulo é Geraldo.

  12. Nicola Margiotta Junior comentou:

    Grande Raul estive presente no diretorio do PTB de São Paulo no ultimo dia 19, dia este em que nós os petebistas anunciamos nosso apoio irrestrito ao nome de Geraldo Alckmin, que este exemplo do PTB de alinhar todos seus membros em prol dessa candidatura gere resultados positivos no tucanato, pois sem duvida nenhuma unidos chegaremos a vitoria para o bem de São Paulo.
    abços

  13. Caro Raul,

    O Geraldo é um dos principais quadros do nosso partido. Super competente… não há dúvidas nisso.

    Mas estamos vivendo, como dito aqui por um dos leitores, o confronto do partidarismo contra o personalismo.

    Digo isso pois sou radicalemnte contra a coligação proporcional seja com o PTB ou com qualquer outro partido. Essa coligação proporcional prejudicará a nossa bancada de Vereadores e, também, os aspirantes a uma vaga.

    Falei isso no meu blog http://www.tucanojovem.wordpress.com e li comentários do tipo “toda a força ao Geraldo…deixe ele coligar como quiser”

    Concordo na tese da toda força ao Geraldo… mas será que um partido parlamentarista não deve defender a formação de uma ampla bancada no parlamento?

    Será que não temos que proteger os interesses dos nossos vereadores (eleitos e os não eleitos)?

    Temo se nós nos tornemos parlamentaristas com práticas presidencialistas.

    JOSE RUBENS DOMINGUES FILHO
    Presidente Municipal da JPSDB de SP

  14. Joaquim Lopes comentou:

    Caro amigo Raul;

    Estou feliz com o desfecho até agora. Cada um com seu candidato, o DEM com o Kassab e o PSDB com Geraldo.
    As malcriações desses dias com certeza serão relevadas.
    Eu não guardarei ressentimentos.

    Um abraço;

    Joaquim Lopes – Campinas

  15. Evandro Losacco comentou:

    Caro Raul,

    Já está na hora de os companheiros que discordavam da candidatura própria assumirem que a sua tese não foi acatada pela maioria do Partido e cerrar fileiras pela unidade do PSDB. Insistir em levar a proposta de coligação à Convenção só serve para estilhaçar o PSDB com graves consequências em 2010, fazendo a alegria dos nossos adversários. Tucanos Uni-vos !! , a luta continua.

  16. Machado comentou:

    Olá Raul, tudo bem?

    Ainda bem que a maioria psdebista está com o Geraldo, e obviamente pensando no povo paulistano, e consequentemente no futuro do própio PSDB, sim porque se não tivéssemos candidato em São Paulo, seria um caus para os militantes desse partido.
    Digo isso pelo fato de Minas ser mais PT e Santos PMDB. o que eu continuo a lamentar de não termos candidatura própia.
    Raul Christiano para Prefeito de Santos e para o bem do povo santista.
    Nada contra o Prefeito Papa, que esta realizando um excelente governo, com todo o apoio do Governador José Serra. Más, sou mais PSDB. Sou mais Raul!
    Abraços, velho.

  17. Dorô comentou:

    Feliz a população que tem esse tipo de problema, candidatos tão bons que fica difícil escolher o melhor. Em Santos temos dois candidatos maravilhosos, Papa e Mariângela, poderíamos ter três. A tendência da população geralmente é pela reeleição de um bom governante, mas tudo pode acontecer.
    Eu não entendo de política, nem concordo que adversário deva ser tratado como inimigo, por isso também fico contente com as duas excelentes opções para os paulistanos, Geraldo e Kassab.

  18. Betão comentou:

    Raul,acharam mais petroleo na Bacia de Santos.Enquanto se discuti Geraldo ou Kassab e vazamento de dossiês o”Baiano” surfa num mar de petroleo e popularidade.Abraço

  19. ademir comentou:

    Caro Raul:

    Kassab governando com “principais quadros tucanos de São Paulo”???? Pensa melhor!!!

    Ademir Cleto

  20. Zeca da Firenze comentou:

    Caro amigo Raul,
    O PSDB deve ter neste momento como pauta principal para a escolha de seus candidatos a sigla partidária.
    Geraldo é uma referencia dentro do PSDB.
    Isso não pode ser esquecido pelos tucanos!!!
    Divergências existem, e sempre existirão, devemos saber contorna-las para o fortalecimento do Partido.
    Não me parece racional, abrirmos este precedente.

  21. A próposito: conforme matéria no UOL, Geraldo foi peremptório QUEM É PSDB APOIA CANDIDATO DO PSDB. “Eu fui o primeiro governador a eleger prefeito na Capital”. Mais claro impossível.

  22. francisco de assis vieira filho comentou:

    Raul, a militância mais uma vez, muitos na grande periferia, reforçou a tese da candidatura própria do
    PSDB, cumprindo resolução da Executiva Estadual. Estamos
    orgulhosos do comportamento do Lobo que juntamente com o Thame, ambos com enorme credibilidade, tem conduzido com
    responsabilidade o destino do partido. A candidatura do Geraldo em São Paulo, vem estimulando os tucanos do interior a lançarem candidaturas próprias agora com novo
    vigor. O amanhã só depende de nós.. O problema do Kassab
    é do DEM, o Geraldo é a solução no PSDB.
    Um registro simples, o Bruno Covas, jovem, competente, liderança fantástica. Alguns tucanos( filhos pródigos ) esqueceram das lições do Montoro e Covas. O momento é de
    reflexão e de unidade e a unidade em São Paulo tem nome
    Geraldo Alckmin e o Governador Serra no nosso palanque.
    Vamos vencer, temos time. Vamos ficar vermelho na hora do
    que amarelo a semana toda.
    Chesco

Nome:

Email:

Site:  

Comentar: